domingo, 12 de setembro de 2010

Movimento Anti União Nacional

Todos que me conhecem sabem que sou patriota que defendo o meu país acima de tudo, mas hoje com os resultados das candidaturas ao ensino superior tornei-me um membro dos radicalistas anti-madeira e dos radicalistas pro-independência de Guimarães. Como o Luís já disse, eu fiquei fora da U. MINHO, sim leram bem,  U. MINHO, devido a uns míseros 3 pontos (153,2, último colocado; 150,2, a minha média), que porém facilmente poderiam ter sido ultrapassados caso não houvessem 8 tipos de uma ilha que também é Portugal e que em nada devia ser beneficiada, que entraram no meu curso com médias abaixo da minha e quando digo abaixo digo tipo 20 pontos (129,8). Não sei quanto a vocês mas eu cansei-me de ver estes tipos viverem à nossa custa, à custa dos verdadeiros portugueses, eu como vimaranense posso ter o orgulho de dizer que sou mais português que qualquer outro, não tivesse este país nascido nesta cidade. Os tipos lá da Madeira e o seu ditador, Adalberto João, já pagam menos IVA, menos pelos combustíveis, tem dividas de crédito acima das do Continente e Açores juntos e agora ainda são beneficiados ao candidatarem-se às universidades?!?Ora por mim chega, por mim estes tipos que se acham os maiores e que dizem que viviam bem sem nós do continente, ora por mim podem ser independentes, Portugal não precisa de sanguessugas como vocês, vocês metem-me nojo, dão-me vómitos....



PS.: Para quem se estiver a perguntar onde entrei, posso dizer que entrei em Aveiro, porém vou ir à segunda fase. Fiquem atentos pelas próximas comunicações...

5 comentários:

Luís André Costa disse...

Queres trocar. Deixas-me seguir o meu sonho de ir pra Aveiro e vais pra Covilha?
Eu tambem ia pra Aveiro mas so se a prof tivesse deixado fazer os testes de matematica contigo. nas fichas era mutuamente e corria lindamente. mas covilhã é que rula.

Filipe Fumega disse...

lol os testes a pares da lage.... que saudades...

Luísa disse...

Sou da Madeira e também nunca percebi porque é que existem algumas vagas reservadas nas universidades aqui do continente para quem vem das ilhas...

Percebo que estejas lixado, no teu lugar também ficava. Mas daí a desejares que eu morra e vá para o inferno, bolas, isso já não! ;)

Filipe Fumega disse...

Cara Luísa tens toda a razão realmente não é... mas sabes que no calor do momento por vezes perdemos noção dos limites...

Filipe Fumega disse...

Post corrigido...