segunda-feira, 6 de fevereiro de 2012

O Gollum caiu


Assim poderíamos rotular o que vamos em seguida dar conta.
Após meses, ou até anos, de contestação Emilio Macedo da Silva, ou Milo como irá ficar conhecido, cai da cadeira do poder ao qual se agarrava já com unhas e dentes para não ser deposto, ao ponto do seu comparsa João Cardoso ter rejeitado uma Assembleia Geral Extraordinária com esse sentido, Emilio caiu e caiu de forma não muito diferente dos últimos 3 Presidentes. Com demissão em bloco e uma família Vitoriana voltada contra si, e com resultados desportivos e financeiros desastrosos.
Assim acaba o capítulo do Gollum, abrindo-se agora o campo de batalha aos candidatos para que se realize a campanha eleitoral.
As eleições essas, infelizmente, apenas acontecem em fins de Março, algo incompreensível, pois poderiam realizar-se já dentro de 1 mês.
Cabe agora aos pretensos candidatos e outras pessoas saíram da sombra e assumirem-se apresentando os seus projectos!

Que hoje comece a Nova e Próspera Vida do Vitória Sport Club, que tanto ama-mos!
MAY LONG LIVE THE CLUB!

2 comentários:

Anónimo disse...

Já dentro de um mes? Mas tu fazes a minima ideia do que é criar um projecto desta envergadura? Pensas que é ocupar os cargos de vices e afins e Siga? Pois eu vi logo que não. "Falar" na Internet é facil.

Filipe Fumega disse...

Cara Anónimo a maioria dos candidatos estão há meses no terreno. Eu digo que as eleições deveriam ser 2 semanas mais cedo, talvez 3, ou seja, seriam apenas menos 2, ou 3, semanas de campanha. Não percebo qual é a diferença, principalmente para quem anda no terreno à tanto tempo. Para mais eu digo isto porque quem entrar em Abril terá de andar a trabalhar em cima do joelho para inscrever a equipa nos campeonatos profissionais e até irá partir com atraso para a preparação da próxima época.
Mas são opiniões caro Anónimo e a minha vale tanto como a sua certamente.